Parabéns a Você!

É impressionante como o ritmo do cotidiano nos grandes centros urbanos vem transformando a vida das pessoas. Todo o desenvolvimento tecnológico

que deveria, entre outros elementos, ter proporcionado mais tempo para o cuidado de si e dos mais próximos, não tem cumprido essa finalidade.

Vivemos uma época de frenético ativismo. Corremos, nos cansamos e não fazemos tudo que gostaríamos. Se, mesmo nesse cenário você é alguém que se importa em desenvolver-se pessoalmente, se importa com os outros e valoriza a espiritualidade, esse texto foi escrito com carinho para você.

Não me cativa ou empolga a ideia que o desenvolvimento da espiritualidade se dê essencialmente na vivência distante do convívio cotidiano com pessoas “comuns”. Mas respeito quem crê assim e valoriza o isolamento do mundo para avançar na sua evolução humana.

Como citei, este texto tem um destino específico, não é para iluminados. Se você é apenas um ser humano normal, envolvido em um cotidiano intenso, difícil e desafiador; alguém que vive no mundo concreto onde há uma família para prover com seu trabalho e com seu cuidado.

Se você se relaciona e sofre e chora e se alegra e ama e está sujeito a situações de todos os tipos.

Se você não conta com pessoas lhe servindo o tempo todo.

Se você está sempre fazendo o melhor que pode, buscando a serenidade e volta e meia não a encontra plenamente;

Se você está crescendo em fraternidade gradualmente, amadurecendo através de bons e maus momentos.

Se você está ouvindo tudo e retendo o que é bom, não deixando a culpa por não ser perfeito o tornar frágil ao ponto de se deixar levar e render-se a perfeição de “iluminados” colocados em pedestais e despreocupadamente vivendo a custa de outros.

Então, o texto é em sua homenagem, receba-o assim.

Claro que se pode e mesmo, se deve, aprender com outras pessoas, com suas vivências e a sabedoria que adquiriram. É para isso que nos relacionamos: para aprendizado. Certamente, há pessoas cujas vidas nos inspiram a continuar perseverando em nos aperfeiçoar e são referências. Mas, cada um de nós, podemos buscar com determinação o melhor caminho para chegar ao equilíbrio e segurança interna que garanta sabedoria para enfrentar as intempéries que, inevitavelmente, em algum momento surgem.

Se você ainda se irrita com o trânsito de vez em quando.

Se algumas pessoas abusam da sua gentileza e o fazem abandoná-la por alguns instantes.

Se os problemas financeiros requerem muito de sua criatividade para superá-los.

Se você sofre a perda de um amor ou fica inebriado com a chegada de outro.

Se você se revolta com injustiças; se você não se acovarda da luta.

Se você com todas as dificuldades continua sonhando e não se deixando paralisar pelo medo ou pela acomodação.

Se você apesar de todos os esforços feitos para desacreditar valores como respeito, fraternidade e amor, ainda crê neles e continua imprimindo-os ao seu modo de vida é preciso que se diga que o verdadeiro iluminado é você, que no junto com todas as outras pessoas da vida terrena, está buscando dignamente ser feliz e viver em paz.

Não há outra maneira de concluir minha reflexão a não ser com um: Parabéns a você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://ednacassiano.com.br/wp-content/uploads/2016/12/woman.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 550px;}